quarta-feira, 29 de abril de 2009

A forma etérea de uma jovem e bela mulher


"Você despertou em mim várias formas distintas de curiosidade e é culpada de uma adorável coqueteria que não cabe a mim condenar. Você não avalia como é perigoso para uma imaginação vívida e um coração incompreendido vislumbrar a forma etérea de uma jovem e bela mulher."

De Balzac, para Eveline Hanska

Um comentário:

Felipe disse...

É, Balzac sabe o que diz. A imaginação é só a terceira coisa mais perigosa existente sobre a terra...
A segunda seria um coração incompreendido, e a primeira, todos sabem disso, é uma jovem e bela mulher.