quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Crash!

Discuto
Saio bravo
Entro no carro
Dou partida
Manobro
Saio
Faço a rotatória
Ainda muito bravo
Sigo
Radar 40, desacelero
Desvio dos carros
Olho o marcador, 1/4
Sigo
Tento me acalmar
Consigo
Respiro
Acelero
Vejo a frente de um carro
Veio da travessa, cortou a avenida
Ouço a freiada
Crash!
Ouço cair o parachoque dele
Ouço cair meu paralamas
Ouço estourar o pneu
Perco o controle
Bato no canteiro
Paro
Desço
Brigo
Brigo
Brigo
Telefono
Espero o guincho
Espero o guincho
Espero o guincho
Rio com o motorista
Rio cansado
Deixo o carro na oficina
Vou para casa
Chego
Conto tudo
Como
Tomo banho.
Morro.

Ah, e me lembro de como somos evoluídos quando comparados aos primatas.

Um comentário:

Carolina Vicentini disse...

hehehehe
me lembrei do Mário Quintana. Ele dizia mais ou menos assim: "O que me impressiona, à vista de um macaco, não é que ele tenha sido nosso passado: é este pressentimento de que ele venha a ser nosso futuro"