sexta-feira, 9 de abril de 2010

Impasse



Merda!
Estou super ansioso, pois amanhã será um dia difícil. E este momento, o agora, é sim um dos mais estranhos que eu já vivi.
Estou aflito e triste, e com idéias borbulhando. Inspiração a flor da pele.
Mas tenho sono.
Tenho novidades a contar, desamores a transformar em poesia e a arte pra me salvar do mundo.
E tenho sono.
Então deixo tudo pra amanhã, como faço todos os dias. E o curioso é que este amanhã nunca chega, porque o outro dia sempre é um outro dia, e eu corro, corro demais. Então eu fico cansado.
Com sono.
Deixa eu parar de falar besteira. Deixa eu dormir.
Até amanhã.

Nenhum comentário: