segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Proposta



Posto esta canção, apenas para demonstrar meu profundo desejo de cantá-la de verdade, assim no ouvido, da mulher amada.
Brega, que sou, corro facilmente o risco de isto nunca vir a acontecer.
Pago o preço.


Eu te proponho
Nós nos amarmos
Nos entregarmos
Neste momento
Tudo lá fora
Deixar ficar...

Eu te proponho
Te dar meu corpo
Depois do amor
O meu conforto
E além de tudo
Depois de tudo
Te dar a minha paz...

Eu te proponho
Na madrugada
Você cansada
Te dar meu braço
No meu abraço
Fazer você dormir...

Eu te proponho
Não dizer nada
Seguirmos juntos
A mesma estrada
Que continua
Depois do amor
No amanhecer




Obrigado, Rei.

Um comentário:

Raiana Reis disse...

"Baby, love is pop e pop é brega
Vamos viver de amor!Vamos comer pipoca... O amor é brega, eu quero um" rs

Acho que esse preço não é tão caro, há quem até escute a voz de quem a dedica, mesmo por um torpedo... rs