sexta-feira, 29 de outubro de 2010

It Worths


(...)

Então ela saiu do banho e andou até a sala, onde eu estava ali sentado, pensando na vida. Ao vê-la chegar pelo corredor, senti seu perfume gostoso de banho tomado, misturado com o cheiro de shampoo do vapor quente espalhado pelo ar que acariciava seus cabelos negros, bem bem pretinhos, cada um dos longos fios. 
Com aquele sorriso que só Deus sabe porque fez estar ali, em minha frente, ela sentou-se ao meu lado, acalmou seu vestidinho curto e disse:
 - Demorei?

Olhei bem em seus olhos. Pretos, como os cabelos, com aquele tom de castanho por dentro, feito os meus. E após um suspiro, respondi:
 - Qualquer espera, por você, vale a pena.

2 comentários:

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Eu gostaria de ter dito o mesmo.
Mas não me oportunizaram.

Noe* disse...

Faço das palavras da Pipa, as minhas!

Bom ver vc lá no Costurando!

Bjs =*