terça-feira, 27 de setembro de 2011

Conflito

Doloroso não sentir mais essa dor. Ou sentir e não falar.

por Fagner, de Petrucio Maio / Clodo


Ah, meu coração que não entende
O compasso do meu pensamento
E o pensamento se protege

E o coração se entrega inteiro e sem razão
Se o pensamento foge dela o coração a busca aflito
E o corpo todo sai tremendo,
massacrado e ferido no conflito

Nenhum comentário: