sábado, 12 de março de 2016

Quantas vezes


Ao chegar em casa, ouviu um estardalhaço. Fechou os olhos com toda força enquanto as mãos tapavam os ouvidos, o corpo quase que em posição fetal, se contorceu e tentou manter o equilíbrio, até que enfim, caiu.

No meio da sala.

No meio da história. Da sua história.

Rastejou então até o antigo aparador que ficava de canto na sala de jantar, onde não havia sequer um móvel além do mesmo, e que por sinal, servia apenas para dar apoio à vitrola. Enquanto deslizava lentamente pelo chão liso e frio, pensou no arrependimento de não manter o aparelho no chão para momentos como este.
Eis que encontrou o disco, e o colocou na bandeja. Posicionou a agulha, fez a mágica acontecer - tudo isso ainda deitado - e pôde ouvir com a intensidade de uma bomba nuclear, entre chiados e estalos, Golden Slumbers.

Golden Slumbers.

"Once there was a way..."

Se permitiu então, finalmente, chorar. Abraçando o encarte antes mesmo de Carry that Weight, soltou um grito do fundo de sua alma.

 - AAAAAARRRRRRRGGHHHHH!

E a casa toda ecoou. Alto. Forte. Agora rasgando tal qual um punhal artesanalmente serrilhado, invadindo sua própria alma e buscando o estômago a qualquer preço.

Seu corpo já revirava, se contorcia, e enquanto as mãos agarravam no tapete e sua turva visão já confundia todos os sentidos, gemia desesperadamente, quase que como alguém pudesse ouvi-lo - quem dirá, salvá-lo - e cantava entre soluços, cada toque de tambor anunciando The end.

Aos poucos, enquanto retomava o controle, sentou-se na varanda. O corpo previa as dores que chegariam amanhã quando acordasse, e ainda sim, acendeu um cigarro - este que seria o mais longo de toda a sua vida.
Em vez de estrelas, um céu cheio de nuvens alaranjadas pelas luzes da cidade e um ar frio com tempero de garoa. Uma divina contemplação.

Assim, no intervalo entre o eco da gota que pingava lá dos fundos, e a fumaça que vinha de seus já cansados pulmões, pensava que esta talvez pudesse ser a última.

Ledo engano.

Tantas, tantas e tantas...

Nenhum comentário: